domingo, 4 de dezembro de 2011

Xô, celulite, xô - Zizi Possi

“Xô, celulite, xô
Sai, celulite, sai
Sai desse corpo que não te pertence
Vai ver se eu tô na esquina e não volta mais”