quinta-feira, 28 de março de 2013

EMAGRECER - MODIFICAÇÃO DO PADRÃO CEREBRAL


Boa tarde meus queridos amigos.

 

A balança está minha amiga, emagreci mais 500 g esta semana. No final do processo de emagrecimento, todos sabemos o quanto vai ficando mais difícil perder umas graminhas e, para ajudar, ainda tenho a meu favor (ou contra), o metabolismo lento da idade.

 

Hiper feliz. faltam apenas 2kg para ser, definitivamente, magra.

 

Para refletir sobre esse processo duradouro, posto que definitivo, de emagrecimento, resolvi republicar um post que já tinha publicado em 10.05.2012. Espero que gostem.

 

reprogramar cerebro

Sempre que decidimos emagrecer a primeira pergunta que nos fazemos é o que podemos comer, visto que imaginamos que devemos deixar de comer tudo que gostamos.

Não é verdade? Não é isso que você pensa?

Não, não é verdade, isso é um mito.

Na verdade, para emagrecermos precisamos comer de tudo  e principalmente o que gostamos, se assim não for, que graça tem essa vida? Principalmente para nós gordinhos que adoramos comer.

Sempre nos fazemos aquela perguntinha sem graça: para que ficarmos magros agora, nessa vida, se teremos uma eternidade para sermos caveira..hehehe.

Portanto, para alcançar o nosso tão sonhado objetivo, temos que fazer alguns exercícios mentais, para modificarmos o nosso padrão cerebral de gorda.

 

Em primeiro lugar vamos fazer pequenas alterações, em nosso modo de pensa,r sobre frases que temos como verdadeiras:

1. Para emagrecer  preciso deixar de comer tudo;

2 Emagrecer é um sacrifício;

3. vivo em eterna dieta.

 

A partir de agora pensaremos:

1. Posso comer de tudo e emagrecer;

2. Emagrecer é prazeroso e saudável e

3. Estou em reeducação alimentar.

3 segredos emagrecimento

 

Importante destacar, que para obtermos resultado positivo, precisamos fazer esse exercício mental diariamente. Devemos copiar essas frases e escrever em nossa agenda. Podemos escrever em todas as páginas de nossa agenda, para que todos os dias possamos ler e relembrar para  reeducar nosso cérebro diariamente.

Eu fumei durante 35 anos. Mas confesso que desde que comecei a fumar eu queria parar. Tentei varias vezes na vida, inclusive nas duas gravidezes e voltei, voltava sempre. Mas sempre fiz exercício mental que iria parar para sempre. Passei mais de um ano escrevendo em minha agenda, todos os dia, “Eu parei de fumar”, todos os dias fazia um selinho de que tinha parado de fumar. Sabia que não iria conseguir sozinha. Quando achei que meu cérebro já tinha recebido a mensagem eu procurei um médico, fiz tratamento durante dois anos. Já faz 5 anos que não fumo e simplesmente não consigo me ver com um cigarro na mão. Isso não quer dizer que não sinta vontade, é diferente, a vontade vem, mas passa do mesmo jeito que veio. O meu cérebro recebeu a nicotina durante muito tempo, a minha mão fez movimento de levar o cigarro na boca durante muitos anos. Por esse motivo é natural que ainda tenha vontade. Confesso que parar de fumar foi fácil, mas o difícil mesmo, foi largar o hábito. No entanto, sei que não posso nem experimentar um único cigarro, pois se colocar um único na boca eu voltarei ao padrão de quando fumava imediatamente. E, Isso sei que não quero jamais.  Portanto, aproveito aqui para deixar a mensagem: Cigarro, apague essa ideia.

apague essa idéia

 

Esse pequeno relato da minha vida,  é para dizer que o nosso cérebro funciona como um computador, ele é programado desde que nascemos e aos poucos vai formando o seu padrão. O problema é que há coisas boas e coisas ruins, por isso, há coisas que precisam ser mudadas, desta maneira, para fazer alterações cerebral é necessário que consigamos desprogramá-lo de seu padrão formado por nós mesmo, ocorre que não é tão simples.

 

Observa-se que nós somos programadores amadores de computadores de alta geração, portanto, o negócio é lento. Mas se não sabemos altera-lo de forma eficiente e rápida, nós devemos ser espertos e ir modificando de forma lenta, sem que ele perceba que está sendo modificado, para não ficar bravo e travar.

 

Assim, a partir de hoje, vamos modificar o padrão gordo de nosso cérebro para uma padrão magro.

magro e gordo

Iniciemos hoje, no feriado, agora é o momento. Em uma semana isso já vai estar mais fácil, mas não vamos parar em uma semana. Será para o resto de nossas vidas, entretanto isso tornará natural a partir do momento que o nosso cérebro for reprogramado. Até lá, exercício nele.

Essa semana temos que saber que podemos comer de tudo, mas as porções devem ser menores. Vamos comer muita fruta, muita verdura e vai avisando para o seu cérebro sedentário, que você deixará de ser. Dê um tempo para ele ir perdendo a preguiça, para ele descansar de descansar…Não faça nenhuma mudança repentina. Não funciona.

 

Lembre-se: Estamos em reeducação alimentar com reprogramação cerebral.

 

  

Uma sexta feira, realmente, SANTA!!! DEUS TE ABENÇOE!!!

 

assinatura-blog_thumb_thumb_thumb